[SIBI]

História da Igreja

Tudo começou no ano de 2005 com a chegada do pastor missionário Levi Lopes e sua família, eles foram enviados para Itabaiana pela Junta de Missões Nacionais (JMN) para plantar a Segunda Igreja Batista.
A família missionária estava diante de mais um desafio, mas eles estavam certos de que o Senhor dos exércitos estaria com eles todos os dias, pois afinal, foi Ele mesmo quem os chamou. O Trabalho começou, e pouco a pouco o Espírito Santo foi acrescentando os que iam sendo salvos. Não demorou muito para que a congregação estivesse com um número expressivo de pessoas e em sua maioria jovens. O fato dos filhos do pastor serem jovens e terem um talento incrível para a música facilitou muito para a agregação de outros jovens. O tempo foi passando, e, de repente, a igreja estava organizada. Alugaram um espaço para se reunir em cultos e outras atividades, adquiriram mobílias, formaram líderes organizaram ministérios e etc. Os anos foram se passando e com quase quatro anos de intenso trabalho a Junta entendeu que a família missionária já tinha cumprido a sua tarefa ali, e por isso, deveriam ser transferidos para servir a outro povo em outro estado do nosso país. Eles partiram, mas a congregação não ficou só, enquanto esperavam a chegada dos novos obreiros os líderes que já haviam sido treinados pelo pastor Levi assumiram a responsabilidade auxiliados pelo pastor e outros irmãos da igreja mãe, Segunda Igreja Batista em Aracajú (SIBA).
A igreja se manteve ativa e em fervente oração para que o mais breve possível fosse enviado o novo líder. Passou-se um tempo e o Senhor respondeu a oração daquela igreja. Ele enviou o pastor Edson Cerqueira e sua família, eles também foram enviados pela JMN. Pastor Edson, era carioca, ele já tinha uma longa vivência no campo missionário e uma vasta experiência em missões em diversos projetos. Ele continuou o trabalho de plantação e solidificação daquela igreja. Em seu ministério em Itabaiana, ele teve o privilégio de receber para trabalhar juntamente com o ele o missionário Esdras, um missionário surdo que foi enviado do Rio de Janeiro pela mesma agência missionária para atender uma necessidade urgente que era fazer o evangelho de Cristo conhecido aos que vivem no mundo do silêncio, pois nessa cidade vivem mais de três mil surdos. Pastor Edson, e o missionário Esdras trabalharam ativamente para alcançar surdos e ouvintes para glória de Deus. A passagem de três anos e meio na cidade foi de extrema importância para todos os que tiveram o privilégio de conhecê-los e conviver com eles. Por intermédio de suas vidas Jesus tornou-se conhecido por surdos e ouvintes. Pastor Edson aposentou-se, e por isso, deixou a cidade, e o missionário Esdras regressou ao Rio para atender uma necessidade de plantar um igreja para surdos. O missionário Esdras antes de deixar o campo preparou pessoas para continuarem o trabalho com os surdos da congregação e outros da cidade que ainda não haviam sido alcançados.

Família pastoral

[Pr. Nadilton, SIBI Itabaiana]

Pastor Nadilton Souza Nascimento Santos nasceu na cidade de Alagoinhas no estado da Bahia no dia 22/08/1985, casado desde 2009 com Eliane dos Santos Freitas Nascimento que nasceu em 30/12/1983, estudaram no Rio de Janeiro – JR no Centro Integrado de Educação e Missões – CIEM, ambos formados em missiologia, são missionários de plantação de igrejas da Junta de Missões Nacionais – JMN, assim estão plantando a Segunda Igreja Batista em Itabaiana – SIBI localizada na cidade de Itabaiana – SE

Fotos da Igreja

Congregação de Itabaiana