O Projeto Esperança

O Projeto Esperança constituído em 1º de junho de 2006, com sede situada na Rua Claudionor Leite e/ou Travessa Maria de Elias, nº100 - Bairro Farolândia no município de Aracaju, com inscrição no CNPJ 08.278.469/0001-07, é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos – OSCIP -, de duração por tempo indeterminado.

Atua através da execução de programas e projetos voltados à prevenção da situação de vulnerabilidade e risco social, desenvolvendo ações socioeducativas de caráter lúdico, artístico, esportivo e similares, sem distinção de raça, gênero ou qualquer outro tipo de discriminação. Todo serviço prestado tem por objetivo potencializar o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários à criança e ao adolescente, de forma a se evitar possíveis riscos e danos durante o seu desenvolvimento bio-psico-social.

O Projeto Esperança delibera suas atividades de acordo com a Lei nº 8.742/1993, Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), bem como pauta-se sob a forma do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), destinando suas ações ao público que abrange a Proteção Social Básica.

No uso das suas atribuições executa ações de caráter continuado, gratuito, permanente e planejado, potencializando o fortalecimento vínculos familiar e comunitário, executando programas e projetos voltados a autonomia do sujeito e prevenção de riscos pessoais e sociais, a fim de minimizar a situação de vulnerabilidade existente decorrente da situação de pobreza e desestrutura familiar. Desta forma, o Projeto Esperança prioriza e da ênfase a defesa dos direitos e a garantia plena de acesso a estes.

Público Alvo

Os envolvidos participam das ações socioeducativas de segunda-feira a sexta-feira nos turnos matutino e vespertino, das 07h00min às 17h00min, sendo ofertado lanche nos dois horários.

Horários de Funcionamento

Crianças e adolescentes de 06 a 17 anos oriundas do Bairro Farolândia e suas adjacências. Atualmente estão cadastradas em média 120 (cento e vinte) crianças e adolescentes e seus respectivos familiares, das quais 60 (sessenta) frequentam regularmente a Instituição, participando dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos nas faixas etárias de 06 a 17 anos, os demais participam apenas de determinadas oficinas durante os dias pré-estabelecidos.

Finalidades Estatutárias

  1. Promoção da Assistência Social, psicológica e material, a crianças, adolescentes e suas respectivas famílias que estejam em situação de risco pessoal e social; através de equipe multiprofissional, constituída por assistente social, psicólogo, pedagogo e demais profissionais conforme demanda;
  2. Proteção Social Básica à família, à infância, e adolescência, de forma preventiva;
  3. Promoção gratuita da coeducação, para as crianças e adolescentes, em contraturno escolar, mediante reforço escolar, oficinas artísticas e profissionalizantes, bem como palestras educativas.
  4. Promoção gratuita da saúde, através dos devidos encaminhamentos quando necessário, ao atendimento médico, odontológico e psicológico;
  5. Promoção gratuita da saúde, através dos devidos encaminhamentos quando necessário, ao atendimento médico, odontológico e psicológico;
  6. Promoção de segurança alimentar e nutricional, através da articulação de parcerias, captação de recursos das diversas instâncias públicas e privadas;

Objetivo Geral

Prevenir riscos sociais e pessoais, por meio da oferta de programas, projetos, serviços e benefícios a crianças e adolescentes e seus respectivos familiares em situação de vulnerabilidade social.

Objetivo Específicos

  • Promover o atendimento a crianças e adolescentes e seus respectivos familiares, a fim de potencializar o fortalecimento de vínculos afetivos entre os mesmos, bem como estreitar os vínculos comunitários.
  • Executar programas, projetos e serviços de prevenção de risco pessoal e social, possibilitando quando for o caso, a superação de situações de fragilidade vivenciada.
  • Contribuir para a elevação da autoestima e profissionalização dos usuários, oportunizando a estes, atividades que propiciem melhorias significativas na condição de vida pessoal e social;
  • Evolução de um bom rendimento escolar e a maximização de expectativas futuras.
  • Inclusão sócio-familiar, de forma a buscar melhorias significativas nas condições psicossociais e materiais dos usuários.

Infraestrutura

A sede está localizada Bairro Farolândia, em regime de comodato. As suas instalações são compostas por: 01 Sala administrativa, 01 sala da Coordenação com um banheiro, 02 salas para oficinas com seis banheiros cada, 01 sala de TV com seis banheiros, 01 biblioteca e laboratório de informática com seis banheiros, 01 gabinete odontológico, 01 sala para atendimento psicológico, 02 salas, 01 refeitório, 01 cozinha, área de serviços, 01 quadra de esportes, pátio e área verde.

Necessidades

Sabendo que a referida Instituição exerce seus serviços de forma filantrópica, é importante destacar que as necessidades são grandes e diárias. Nesse sentido, sempre que possível solicitamos a quem possa interessar doações de alimentos, especificamente lanches prontos, material de papelaria, produtos de limpeza, roupas usadas (para bazar) e recursos financeiros em espécie, cientes de que toda e qualquer movimentação financeira acerca da utilização do recurso doado, se fará mediante prestação de contas. Cabe destacar que toda doação é bem vinda, bem como as mesmas tem a finalidade exclusiva de atender as necessidades dos usuários.

Algumas fotos do Projeto

Projeto Esperança